22,4 c Pelotas

OUÇA AO VIVO:

  • 09 Fevereiro, Quinta

Mais Recentes :

Fórum Social Mundial de Porto Alegre 2023 acontece de 23 a 28 de janeiro

Fórum Social Mundial de Porto Alegre 2023 acontece de 23 a 28 de janeiro

As centrais sindicais e movimentos sociais do RS participam do Fórum, que acontecerá nas dependências da Assembleia Legislativa (AL/RS), no no centro da capital gaúcha. O evento, que abre mais um ano de luta contra o fascismo, o racismo, as desigualdades e o patriarcado, acontece após a posse histórica do presidente Lula (PT) em 1º de janeiro, depois da longa resistência do povo brasileiro e da vitória da democracia nas eleições de 2022.

Um outro mundo é possível

“Vivemos uma mudança de rumos no maior país da América Latina. Essa mudança é popular, é democrática, é negra, é indígena, é feminista, é de resgate de direitos, é em defesa do meio ambiente, mas só será concreta se houver organização e mobilização da sociedade”, afirma o secretário de Organização e Política Sindical da CUT-RS, Claudir Nespolo.

Segundo ele, “desde o golpe que derrubou a presidenta Dilma Rousseff (PT), em 2016, temos consciência de que a luta contra o fascismo é uma luta árdua que deve ser travada na base da sociedade”.

A secretária-geral da CUT-RS, Vitalina Gonçalves, destaca que essa luta ocorre também no cenário internacional, diante das mudanças do clima e do crescimento das desigualdades sociais e econômicas.

“O neoliberalismo, com sua política excludente e em curso, criou as condições para o surgimento de movimentos fascistas em todos os cantos do mundo capitalista, que cresceram pelo aumento da fome, da miséria e da desesperança que assola parte significativa da população”, destaca.

“Sem a superação das políticas neoliberais, não será possível enfrentar as causas das crises econômicas, ambientais, sociais. Não será possível combater de forma eficaz o fascismo em suas várias faces e construir uma sociedade com justiça social, paz e igualdade”, ressalta Vitalina.

Porto Alegre é símbolo do Fórum Social Mundial

O Fórum Social Mundial foi realizado pela primeira vez na capital gaúcha, em 2001. “É um contraponto à agenda neoliberal e capitalista do Fórum Econômico Mundial, que ocorre no mesmo período em Davos, na Suíça”, explica Claudir.

“Aqui se discutem outros valores, como igualdade, justiça, solidariedade e esperança. Este ano nos encontramos em melhores condições políticas para reconstruir o Brasil com distribuição de renda, trabalho com direitos, combate à fome e defesa das mulheres e do meio ambiente”, salienta Vitalina.
Programação

Os organizadores informam que este não é o evento centralizado chamado pelo Conselho Internacional do Fórum Social Mundial. Trata-se de um evento regional de caráter mundial.

Pelo exíguo tempo de convocação e mobilização, esta edição de 2023 irá concentrar a sua dinâmica na realização, em parceria com a AL/RS, de atividades autogestionadas e de convergências nos dias 23 e 24, na Marcha no dia 25, no Seminário Internacional nos dias 26 e 27 e no Festival Social Mundial no dia 28 no Parque da Redenção.

No dia 25, às 10h, as centrais sindicais irão promover uma mesa sobre Sindicalismo e Trabalho Decente – Salário Igual para Trabalho Igual, no Teatro Dante Barone. No mesmo dia e local, às 14h, haverá uma mesa sobre Economia Solidária e, às 17h, será realizada a Marcha do Fórum Social Mundial, com concentração no Largo Glênio Peres.

As atividades autogestionadas poderão ser presenciais, híbridas ou virtuais.

Inscrições: https://www.fsm.org.br/inscricao

Mais informações: https://www.fsm.org.br/


Calendário

23 de janeiro (segunda)

9h | Atividades Autogestionadas – AL/RS
14h | Atividades Autogestiondas – AL/RS
14h | Abertura FSM da Pessoa Idosa – Teatro Dante Barone
19h | Mundo Multilateral e o combate ao Fascismo – Teatro Dante Barone

24 de janeiro (terça)

9h| Atividades Autogestionadas – AL/RS
14h | Atividades Autogestionadas – AL/RS
19h | Brasil da Esperança: O país que Queremos – Teatro Dante Barone

25 de janeiro (quarta)

9h | Convergência Mundo do Trabalho – Teatro Dante Barone
9h | Atividades Autogestionadas -AL/RS
10h | Sindicalismo e Trabalho Decente – Teatro Dante Barone
14h | Economia Solidária – Teatro Dante Barone
17h | Marcha do FSM Porto Alegre 2023 – Largo Glênio Peres
20h | Ato Político Cultural – AL/RS

26 de janeiro (quinta)

Seminário Internacional – Teatro Dante Barone

9h | Luta Antirracista, Popular e Periférica
14h | Por um Brasil Feminista
17h | Combate à Fome e a Luta Socioambiental

27 de janeiro (sexta)

Seminário Internacional do FSM – Teatro Dante Barone

9h | Direitos Sociais: Educação, Cultura, Saúde e Assist. Social
14h | Participação Popular e Controle Social
17h | Noite do Hip-Hop

28 de janeiro (sábado)

Parque da Redenção

15h às 20h | Festival Social Mundial

Escrito por: CUT RS

0 comentários

Adicionar Comentário

Anunciantes